Facebok youtube

Slideshow Image 1
Política
São Bernardo e Magalhães de Almeida debatem indicadores sociais

Publicado às 08/08/2013 12:20:54





 

Magalhães de Almeida

 

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Maranhão foi o principal assunto debatido pela caravana Diálogos pelo Maranhão, no último fim de semana em Magalhães de Almeida e São Bernardo. Flávio Dino, acompanhado dos deputados federais Domingos Dutra (PT), Simplício Araújo (PPS), Othelino Neto (PPS), Bira do Pindaré (PT) e Marcelo Tavares (PSB) debateram com as demais lideranças a realidade social do estado.

A colocação do Maranhão no Atlas do Desenvolvimento Humano do Brasil 2013, divulgada pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e o PNUD (Programa das Nações Unidas pelo Desenvolvimento no Brasil) foi o principal tema das discussões do Diálogos pelo Maranhão em São Bernardo e Magalhães de Almeida.

O deputado Marcelo Tavares questionou os valores investidos pelo governo do estado no setor da agricultura. “Ano passado o governo investiu R$ 6 milhões em agricultura familiar. Em contrapartida, destinou R$ 17 milhões para aluguel de helicópteros. Essa inversão de prioridades explica o desastroso IDH do estado”, criticou.

“Precisamos de um gestor que se preocupe com as reais necessidades do povo, que faça investimentos em setores que garantam de modo autêntico a transformação social. Esses debates representam a união de forças para a superação desses indicadores sociais”, completou o deputado Bira do Pindaré.

Emerson Borges, ex-vereador de Magalhães de Almeida destacou que os indicadores sociais do estado refletem o retrato real da qualidade de vida do povo do Maranhão. “A presença do movimento Diálogos pelo Maranhão aqui nos dá esperança em dias melhores. Até agora não temos investimento em nosso município e enfrentamos grandes problemas com moradia, saúde, saneamento e educação”, relatou.

Flávio Dino lembrou que tanto Magalhães de Almeida quanto São Bernardo foram consideradas cidades com índice de desenvolvimento humano baixo pelo PNUD.

“20 municípios maranhenses estão entre as 100 piores do país no IDH. Esses indicadores nos despertam uma indignação transformadora, uma indignação que faz com que todos juntos trabalhemos pela transformação social do estado, fazendo com que todos tenham ”, concluiu Flávio Dino.

O deputado Othelino Neto avaliou a realidade de centenas de municípios maranhenses, que ainda precisam de investimentos para superar dados do IDH revelados na semana passada.

“O povo sente na pele a necessidade de modificar esse quadro de pobreza e injustiça social confirmado pelos indicadores sociais do estado. É por isso que estamos aqui para, juntos, construir uma proposta de desenvolvimento e transformação”, opinou.

O deputado federal Domingos Dutra em concordância com todo o debate constatou que “o medo e a miséria instalados no estado só acabarão mediante a oportunidade de uma experiência diferente. Se todos os estados da federação se modificaram de algum modo, foi graças a alternância de poder” e finalizou dizendo “também conquistaremos isso aqui no Maranhão”.


Fonte: Diálogos pelo Maranhão

Veja outras notícias em difusoracaxias.com.br. Curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por WhatsApp pelo telefone (99) 8118 2431.



Saiba mais »

 Estão abertas inscrições para o Vestibular 2014.1 Facema

Estão abertas inscrições para o Vestibular 2014.1 Facema

Justiça mantém prisão de mulher por exploração sexual de menores

Justiça mantém prisão de mulher por exploração sexual de menores

Pai e filho são presos por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo no José Castro

Pai e filho são presos por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo no José Castro




Comentário »


© 2014 difusoracaxias.com.br - Todos os direitos reservados